Food Service: tudo o que você precisa saber para abrir o seu

O food service é um ramo de produção e distribuição de alimentos focado no consumidor que faz refeições fora de casa ou, até mesmo, aquele que pede entregas em sua casa.

Ter um negócio desse tipo pode ser uma grande vantagem, já que o setor alimentício se mantém em alta apesar das crises.

A falta de tempo unida à praticidade e rapidez faz com que muitas pessoas almocem ou façam lanches fora de casa diariamente.

Por isso, estar em locais perto de empresas e grandes centros é uma grande vantagem para os empreendedores.

Seja um negócio próprio ou investimento em uma franquia, o food service é um empreendimento lucrativo e que sempre está na mente daqueles que querem empreender.

Você sabe os pontos importantes no momento de abrir o seu próprio negócio? Aqueles com os quais você precisa ter muita atenção? Confira com o que você deve se preocupar para iniciar o seu food service!

Tenha um eficiente plano de negócios

Independente de qual seja o segmento do empreendimento, é preciso ter um plano de negócios detalhado para o estabelecimento.

Ao elaborar um plano de negócios, o investidor terá uma visão clara da sua empresa e suas possibilidades reais de crescimento a curto, médio e longo prazo.

É nesse momento que se estipulam metas, previsões, comparações com o mercado entre outros. Além disso, também já são traçados os pontos fracos e fortes, concorrentes, fornecedores e próximos passos de gestão do negócio.

Também, nesse momento inicial, deve ser definido qual o tipo de negócio será feito. O food service pode ser um restaurante, uma lanchonete, pizzaria entre muitas outras opções de comidas rápidas.

O plano de negócios não é um documento que se faz do dia para noite e que fica guardado na gaveta.

Ele precisa ser bem pensado pelos empreendedores e deve estar sempre atualizado. Por isso, não deixe de realizar revisões periódicas do seu plano de negócios. Ele pode te auxiliar em momentos de dificuldades, nos quais é necessário um conhecimento profundo do mercado no qual você está inserido.

Defina o público para o food service

Antes de abrir o seu food service, é preciso definir para quem você deseja vender. Ter um público-alvo pré-estabelecido contribui para o planejamento do local e para implantação de diversas estratégias.

O público tem influência na escolha do cardápio, na precificação, na decoração do ambiente e, ainda, nas formas de divulgação do empreendimento.

Nesse momento, vale também pensar em estudar a concorrência. É preciso saber quais são os locais com as mesmas propostas próximo a você e entender as suas particularidades.

Conhecer bem a concorrência dá margem para definição de estratégias e diferenciais, dando a chance de se destacar e atrair cada vez mais o seu público.

Tenha um bom ambiente

Um dos pontos mais importantes de um food service é estar bem posicionado, perto de centro comerciais, escolas, empresas e locais de grande fluxo de pessoas.

Por isso, é preciso pensar no local em que o negócio estará, contando com autorizações da prefeitura para que tudo funcione de acordo com a legislação do nosso país.

Se o seu negócio for próprio, é possível ter mais flexibilidade nessa escolha. Se você escolher se tornar um franqueado, a decisão final do local é do franqueador.

Após escolher um ponto para o food service, é preciso pensar muito bem no ambiente do empreendimento.

As pessoas não comem em qualquer lugar, não é mesmo? Por isso, é preciso ter um ambiente agradável aos clientes.

Em alguns casos, os empreendedores podem escolher temas para seus locais e contar histórias através do ambiente.

Para esses casos, é preciso saber muito bem qual tipo de público se deseja atingir.

Mantenha sempre o ambiente limpo, com uma decoração legal, um cardápio com design atrativo, além de, obviamente, investir em sua imagem visual.

A identidade visual de um empreendimento conversa com o seu público alvo e é essencial para atrair clientes. Não deixe de realizar bons investimentos no seu marketing.

Pense no cardápio

Montar um cardápio é também um dos principais passos para iniciar em um food service, você já parou para pensar nisso?

A partir do que deseja servir, é possível pensar em quais serão os equipamentos mais essenciais, principalmente na cozinha.

Além disso, com uma projeção do cardápio, será possível pensar em precificação, custo de matérias-primas, como deve ser feito o controle de estoque e quanto pode ser o lucro de cada prato.

Vale lembrar que o cardápio deve estar em constante atualização, sempre oferecendo algo novo para os clientes.

Também é preciso estar sempre atento aos feedbacks, sabendo o que mais agrada ou não o público que estará no local.

Se seu desejo for se tornar uma franquia, o cardápio não precisará de tantas definições, já que esse é um item que vem pronto no negócio.

Invista em tecnologia

Seja qual for o tamanho do negócio, contar com a tecnologia é um grande aliado para o food service.

Um sistema de gestão integrado conta com diversas particularidades e facilidades para otimizar tempo e reduzir tarefas manuais.

Logo, um sistema de automação ajuda a controlar os segmentos do negócio, desde o financeiro, administrativo e o importantíssimo estoque.

Ter um sistema desde o princípio do negócio contribui com muitas informações valiosas para o food service e poupa muitos trabalhos e erros manuais.

Além disso, é possível identificar prejuízos e desperdícios e rever estratégias. Por esse motivo, não deixe de verificar as possibilidades de automação existentes para restaurantes.

Conheça as regras

O setor alimentício inclui muitas regras de higiene e é preciso estar muito atento para que o food service não seja prejudicado com o não cumprimento delas.

Cada local tem regras diferenciadas. Por isso, é importante conferi-las junto à vigilância sanitária de cada cidade, para que se entenda o que é necessário para o estabelecimento.

Não apenas no aspecto da higienização, é preciso ter conhecimento das regras trabalhistas, defesa do consumidor, impostos, cobranças e muitos outros setores.

Para o desenvolvimento de um food service bem estruturado e de sucesso, é preciso seguir os passos que mostramos hoje para que nada seja negligenciado.

Além de planejamento, cardápio e regras, é preciso pensar na construção da equipe e na escolha de bons profissionais para compor o quadro de colaboradores, que ajudem o negócio a alavancar.

Independente do seu tipo de negócio, é preciso unir habilidades e muito trabalho para cumprir tantas tarefas demandadas.

Você já colocou em prática algum dos pontos citados acima para iniciar o seu negócio? Aproveite nossas dicas e dê novos passos em seu empreendimento.

Agora que você sabe um pouco mais como iniciar o seu food service, conheça um pouco mais sobre automação comercial e comece sua jornada de sucesso!

Guia para Gestão de Food Services