Software para restaurante: como escolher o ideal para o seu negócio

De food trucks a dark kitchens, seja qual for o tipo de food service, um software para restaurante é um grande aliado da gestão de um empreendimento alimentício.

É sobre esse sistema, os benefícios que ele traz e a melhor opção para o seu negócio que iremos falar ao longo deste artigo. 

Primeiramente, vamos entender o que é e para que serve um software para restaurante

O que é um software para restaurante? 

Um software para restaurante é um programa de computador que reúne e processa diversos dados de um negócio do setor de food service, facilitando sua gestão

Com ele, é possível acompanhar o andamento tanto dos pedidos realizados nas mesas de um restaurante quanto daqueles feitos por aplicativos de comida, por exemplo. 

Além disso, um software para restaurante, que se enquadra no conceito de ERP, otimiza a gestão de caixa, estoque, serviços, recursos humanos etc. 

Então, contar com o suporte desse sistema é como ter um gerente eficiente trabalhando em seu empreendimento. 

Dessa maneira, resta tempo para se pensar em receitas novas para acrescentar no cardápio e em promoção de combos a clientes que fizerem pedidos por apps

Detalhe: o investimento em um software para restaurante não beneficia somente grandes estabelecimentos. 

Lanchonetes, food trucks, cafeterias, bares, quiosques, pubs, todos esses formatos tendem a se tornar mais dinâmicos e entregar produtos e serviços melhores com a utilização de um software para restaurante.  

Isso porque a gestão de estabelecimentos do ramo da alimentação envolve o equilíbrio de muitos fatores, como o controle da perecibilidade de alimentos.

Dessa forma, quando se conta com um suporte tecnológico para auxiliar essa administração, a equipe consegue se dedicar mais à elaboração de pratos e ao atendimento ao público.

A seguir, vamos falar sobre alguns critérios que devem ser levados em conta na escolha do software para restaurante.  

Como escolher o melhor software para restaurante? 

No momento em que for escolher o melhor sistema para o seu restaurante é preciso verificar se ele atende às demandas específicas do empreendimento, a fim de evitar prejuízos

Quando for automatizar a gestão de seu food service, é preciso contratar uma mão de obra de qualidade, que entenda as reais necessidades da sua empresa e lhe proponha o produto ideal.

Antes de investir nesse sistema, fique atento às questões que iremos levantar a partir de agora.  

A assistência técnica é de qualidade? 

Imagine que o movimento maior do seu restaurante aconteça nos fins de semana, tanto no horário do almoço quanto no do jantar. 

Então, especialmente nesses momentos, o sistema precisa funcionar muito bem ele não pode apresentar erros quando acontece um pico de atividade.

Imagine que ele apresente falhas e isso prejudique, por exemplo, o atendimento ao público, então você decide fazer contato com o fornecedor do serviço para obter um suporte, porém é informado de que não há profissionais de plantão para o socorrer. 

Desse modo, antes de contratar um serviço de tecnologia, certifique-se de que os horários de funcionamento dele são compatíveis com os do seu restaurante e se ele oferece suporte nesse período. 

Verifique também a localização da empresa que fornece o suporte. Se ela tem sede em São Paulo, por exemplo, como a assistência técnica presencial acontece em outras regiões? 

O sistema satisfaz às exigências do seu restaurante? 

Você possui um self-service de pequeno porte ou um restaurante que já dispõe de filiais? 

As funcionalidades do software para restaurante escolhido devem ser avaliadas conforme as carências específicas do tipo do seu estabelecimento. 

Pois as demandas de um self-service são diferentes das de uma filial de fast-food, por exemplo. 

Quando for escolher o prestador de serviços em tecnologia, então, pesquise sobre as competências comprovadas dele. 

As instruções para utilizar o software são claras?

Na hora de escolher um software para restaurante é importante optar por um modelo bem intuitivo

Ainda assim, para não perder dias de trabalho tentando desvendar como o programa funciona de fato, é importante que a equipe tenha uma noção prévia de como usar as ferramentas. 

Para isso, verifique com o suporte a disponibilidade de uma orientação prática que efetivamente instrua a equipe sobre como lidar com a nova tecnologia. 

A interface do sistema é intuitiva? 

Por mais abrangente que seja um software para restaurante, já que sistematiza praticamente todas as instâncias de um food service, ele precisa funcionar de maneira prática.

Do contrário, em vez de desburocratizar os processos de um empreendimento do setor alimentício, ele trará ainda mais adversidades a serem resolvidas.

Nesse sentido, vamos pensar em um aplicativo de banco?

Se ele apresentasse muitas dificuldades aos usuários, provavelmente, poucos deles iriam instalar o programa no smartphone para fazer transações bancárias. 

Da mesma forma, um bom software para restaurante precisa disponibilizar uma interface simples e intuitiva para o usuário. 

O software integra efetivamente todas as áreas do restaurante?

Imagine que o chef de um restaurante, com o pedido de uma mesa em mãos, vai ao estoque e verifica que não há o insumo necessário para a preparação do prato solicitado. 

Um software criado para atender restaurantes deve diminuir ou, de preferência, eliminar esse fenômeno comum em food services

Para esse fim, é preciso que todos os colaboradores do negócio deem as devidas baixas no sistema sempre que utilizarem qualquer matéria-prima no preparo de alguma refeição. 

Assim, as gestões de estoque, de compras e, especialmente, a financeira acontecem com mais equilíbrio, otimizando as operações do restaurante

Respondidas às perguntas fundamentais à escolha do melhor software para restaurante, é importante avaliar quais funcionalidades esse sistema deve ter. 

Vamos lá?!

Quais funcionalidades um bom software para restaurante deve ter? 

Em tempos de popularização de apps de comida e aumento do hábito de comer fora de casa, cabe aos donos de restaurantes (e as respectivas equipes) rever constantemente a gestão de seus empreendimentos. 

Nesse sentido é inevitável se render a tecnologias. Do contrário, como um estabelecimento iria atender o público que só interage por aplicativos

A necessidade de se automatizar processos em restaurantes é genuinamente real. 

Entendido isso, ao escolher o melhor software para restaurante, é preciso se atentar às funcionalidades que ele deve ter. Abaixo vamos falar sobre as principais delas. 

Atendimento que combina ambiente físico e virtual 

Um bom software para restaurante deve realizar simultaneamente tanto atendimentos a clientes presenciais quanto a pedidos feitos por aplicativos. 

Isso envolve, no caso de clientes presenciais, o registro e o cálculo dos itens que constam em comandas, que podem ser de papel ou em forma de cartão de consumo.

Além do mais, para clientes não presenciais, o sistema de delivery deve atender às expectativas desse público, que está em constante ascensão e aumenta o faturamento de empreendimentos do segmento de food service.   

Integração com apps de delivery de comida 

Pedir refeição por aplicativos é um fenômeno cada vez mais comum. 

Dessa forma, antes de instalar um software para restaurante em seu food service, atente-se à necessidade de ele estar conectado a aplicativos de comida. 

Por mais que alguns empresários do ramo alimentício sejam resistentes a eles, devido às taxas cobradas para utilizá-los, esses apps impulsionam as vendas, aumentando, mesmo que aquém do desejado, a receita do empreendimento. 

Segundo a Abrasel – Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, em 2019, o delivery no Brasil somou R$ 15 bilhões, 20% a mais que em 2018. 

Para 2020, a expectativa é de que esse valor chegue a R$ 18 bilhões (devido à pandemia do coronavírus e seu impacto nos negócios, esse valor muito provavelmente será alterado).  

Ainda assim, não dá para ignorar os números. 

Soma-se a isso o fato de que empresas cadastradas em aplicativos de comida tem mais visibilidade.

Muitos usuários desses apps conhecem determinados food services durante a utilização do aplicativo. 

Com isso, surge a possibilidade de esse público ir conhecer pessoalmente o restaurante onde fez primeiramente o pedido para entrega. 

Conformidade com as leis fiscais

Não importa o porte do empreendimento alimentício, qualquer sistema para restaurante precisa operar em harmonia com as normas fiscais estabelecidas pelos órgãos competentes. 

Emitir notas fiscais, por exemplo, é uma exigência.

Um software para restaurante, caso não funcione conforme essas leis, pode trazer ao empresário muitos prejuízos, como multas, apreensão de mercadorias e outras penalidades.

Registrar corretamente todas as transações realizadas em seu estabelecimento o coloca, portanto, em dia com o Fisco, evitando despesas futuras.   

Sendo assim, não adquira, em hipótese alguma, um sistema irregular

Informe-se de que o fornecedor do software o atualiza com frequência conforme, principalmente, os regulamentos da Secretaria da Fazenda

Lembrando que a legislação referente a bares e restaurantes pode ser acompanhada pelo site da Secretaria da Fazenda de cada estado. 

Gerenciamento do estoque com controle de insumo

Uma gestão de estoque bem-feita e moderna é capaz de controlar não só a quantidade geral de itens de um depósito mas o quanto já foi gasto de cada matéria-prima. 

Algumas soluções permitem a manutenção do estoque em tempo real, sinalizando o momento certo de repor insumos

Nesse sentido, pesar os insumos em uma balança e descontar os valores utilizados do estoque passa a ser uma boa opção. 

Ao contratar um software para restaurante, com relação ao controle de estocagem, é preciso verificar a facilidade para cadastrar novos produtos.

Porque, geralmente, é o próprio cliente quem realiza esse tipo de atualização no sistema. 

Outro questionamento que você deve fazer sobre estoque diz respeito à interação dos garçons com o software

Do smartphone ou tablet que eles utilizam durante o expediente, é possível fazer pedidos de reposição de mercadorias?

Disponibilização de um cardápio digital 

Ao escolher um software para restaurante, verifique a possibilidade de ele oferecer o cardápio digital

Esse recurso otimiza suas vendas, porque o pedido sai literalmente das mãos do cliente e chega diretamente à cozinha, o que poupa mão de obra.

Além disso, ao ter o controle do pedido, os consumidores tendem a escolher mais opções no cardápio, aumentando a receita do food service

Outra vantagem do cardápio digital é a facilidade para atualizá-lo. 

Em cardápios impressos, para fazer o acréscimo de itens ou a alteração de preços é preciso fazer uma nova reimpressão, ou colocar uma emenda no menu, o que costuma deixar a diagramação da página à desejar. 

O cardápio digital possibilita ainda uma melhor comunicação com o público estrangeiro, pois pode ser traduzido para várias línguas

Soma-se a isso a oportunidade de inserir no cardápio digital imagens que possam despertar nos clientes mais vontade de experimentar determinados pratos. 

Antes de finalizar este artigo, vamos conhecer mais alguns benefícios de se contratar um bom software para restaurante.

Vantagens de se ter um bom software para restaurante 

Ao longo deste artigo, pudemos ver que as transformações que ocorrem com frequência no setor de food service exigem que o empresário do ramo atualize sempre sua forma de gestão

Nesse sentido, um bom sistema para restaurante só vem para somar.

A seguir, vamos ver algumas vantagens trazidas por esses softwares

Permite a centralização de processos 

Em vez de haver uma planilha para controle de estoque, outra para finanças e arquivos espalhados que registram os pedidos dos clientes, um software para restaurante centraliza os processos de um restaurante. 

Isso permite que o tempo e a mão de obra sejam mais bem-aproveitados, tornando a rotina do empreendimento muito mais ágil.  

Proporciona melhor experiência do cliente

Ao automatizar processos em seu food service, não é só o público interno que será beneficiado. 

Seus clientes também irão sentir os impactos dos processos automatizados ao serem atendidos com mais agilidade

Ao facilitar uma gestão mais precisa do estoque, por exemplo, um software para restaurante não deixa o cliente em espera quando falta um insumo. 

Isso porque o programa sinaliza quando determinada matéria-prima está acabando.

Assim, dá para prever o momento mais adequado para reposição de itens e, consequentemente, atender o público mais prontamente. 

Melhora a performance dos colaboradores 

Em vez de o garçom anotar no papel os pedidos de todos os clientes de uma mesa, ao registrá-los usando um smartphone, por exemplo, já há uma economia de tempo

Há ainda mais precisão na elaboração do pedido, pois serão escolhidos itens já registrados no sistema. 

Reduz erros operacionais 

Uma das grandes vantagens de se utilizar um bom software em seu food service é a precisão de informações

Por exemplo, um pedido feito por determinada mesa e já concluído fica registrado no sistema. 

Dessa forma, diante de uma eventual dificuldade para fechar o caixa ao fim do expediente, não é preciso gastar tempo procurando uma comanda de papel com os detalhes do atendimento. 

Viu como a tecnologia pode otimizar o dia a dia de seu food service?

Além do software para restaurante, sabe o que também pode alavancar o seu empreendimento? A leitura do guia para gestão de food services que preparamos para você. Baixe gratuitamente!

Guia para Gestão de Food Services