Como minimizar o impacto do coronavírus na sua empresa

Diante do cenário de pandemia, é inegável o impacto que o coronavírus vai causar nas empresas, sobretudo nos pequenos negócios.

Dê play para ouvir o texto!

Para passar por esse período conturbado, as empresas devem tomar medidas que visam minimizar o impacto econômico causado pelo coronavírus.

Pensar estrategicamente nas ações a serem tomadas podem definir o futuro das empresas pós-crise do coronavírus.

E a primeira medida a ser tomada é pensar na segurança e bem-estar dos colaboradores, clientes e parceiros. Os impactos econômicos vêm depois.

Mas, na prática, como minimizar o impacto do coronavírus na sua empresa?

Para que haja uma ação coordenada é necessário que seja montado um time de gestão de crise que pensará e agirá em todos os aspectos.

O que é preciso para minimizar os efeitos da crise do coronavírus nos negócios?

É de suma importância manter uma comunicação constante com os colaboradores e esclarecer os métodos de prevenção do coronavírus.

Medidas como incentivar os colaboradores a lavar bem as mãos, manter a higiene do local de trabalho impecável, cancelar viagens, eventos, evitar aglomeração de pessoas e garantir a higiene respiratória são fundamentais.

Se possível, ofereça aos seus colaboradores a opção de trabalho remoto. Vale salientar que é importante estabelecer normas, capacitar os trabalhadores para atuar nesta modalidade e manter uma constante comunicação com a sua equipe.

Por mais que não seja possível aplicar o trabalho remoto em todas as áreas da sua empresa, sempre haverá algum departamento onde isto é possível, dependendo, claro, da realidade da sua empresa.

Gerenciamento de crise

O gerenciamento de crise nada mais é do que um método administrativo que visa reduzir prejuízos em decorrência de um evento inesperado. A gestão de crise é um complemento da gestão de riscos.

Crie uma equipe de gestão de crise

Quanto mais você antecipar possíveis cenários, mais preparado a sua empresa estará e mais confiança você terá na hora de agir.

A equipe de gestão de crise deve imaginar os piores cenários possíveis para que possam planejar um plano de ação, se preparar e assim minimizar o impacto do coronavírus no seu negócio.

É importante definir protocolos de comunicações, protocolos de ações e capacitar as pessoas que devem executá-lo.

Tenha em mente que você precisará de recursos humanos, financeiros e operacionais.

Se você possui um restaurante, por exemplo, é possível você trabalhar uma estratégia para implementar ou aumentar a opção de delivery no seu estabelecimento. Salientamos que os processos de higiene e prevenção devem ser rigorosamente cumpridos.

Trabalhe com fatos

Tenha sempre em mãos dados confiáveis sobre o andamento da crise do coronavírus. Esses são essenciais para fundamentar seu planejamento e enfrentamento da crise.

É importante frisar a importância de revisar constantemente o planejamento para adequá-los às mudanças que ocorrerem.

Dados sólidos também reforçam um elemento central do planejamento contra crises: a exploração de diferentes cenários e como eles podem afetar os negócios no curto, médio e longo prazo.

Comunique-se com seu público-alvo

Uma boa estratégia de comunicação para minimizar o impacto do coronavírus na sua empresa é abordar todos os públicos-alvo e deve estar centrada na segurança da sua força de trabalho e reforçar o espírito de solidariedade com a comunidade.

Reveja as suas regras de viagens, políticas de RH, planos de primeiros socorros e tome providências para segurança da sua equipe e dos seus clientes.

Reforce a importância de prevenção em suas redes sociais e deixe claro como sua empresa funcionará durante esse período.

Controle financeiro

As empresas que possuem uma boa saúde financeira estão mais preparadas para enfrentar esse momento, contudo a atenção ao fluxo de caixa deve ser redobrada.

Neste momento onde a geração de receitas são afetadas, diminuir os custos, postergar pagamentos não essenciais e renegociar vencimentos com seus fornecedores é fundamental para ter maior fôlego financeiro.

Se você tiver condições de pagar neste momento, pode valer a pena negociar com seus colaboradores férias coletivas e utilização de banco de horas, dispositivos previsto em lei que podem auxiliar a sua empresa neste momento.

Há movimentos que facilitam a captação de recursos para as empresas passarem por esse momento, contudo é essencial analisar os custos dessa alternativa.

Prepare-se para fechar

A melhor maneira de evitar a proliferação do coronavírus é o isolamento social. Essa medida visa diminuir a quantidade de casos simultâneos da Covid-19 para não sobrecarregar os hospitais.

Dito isto, algumas medidas do governo podem se intensificar e chegarmos ao estado de quarentena com o funcionamento somente de serviços essenciais como farmácias, postos de combustíveis e supermercados.

Se sua empresa não possui nenhuma condições de trabalho remoto, o bom senso deve prevalecer e você deve parar de atender para evitar multas e preservar a segurança de todos.

Quais medidas econômicas o governo já tomou para combater essa crise?

Para combater a crise e minimizar os impactos do coronavírus nas empresas o governo anunciou algumas medidas como:

  • Adiamento de cobranças referente ao FGTS;
  • Redução de 50% nas contribuições do Sistema S;
  • Liberação de crédito para micros e pequenas empresas;
  • Adiamento de cobranças referente ao Simples Nacional;
  • Ajuda à companhia aéreas;
  • Auxílio ao profissionais autônomos;
  • Desoneração de IPI para bens importados e bens produzidos internamente que sejam necessários ao combate ao Covid-19;
  • Auxílio para trabalhadores que foram afastados devido a redução de jornada de trabalho.

Essas medidas emergenciais visam a preservação dos empregos e a proteção social dos trabalhadores.

Outras medidas deverão ser tomadas no decorrer da crise do coronavírus e, após a superação dessa crise, medidas de estímulo à economia como plano de estímulo à recuperação da demanda devem ser implementados.

Por fim, podemos concluir que não há receita pronta da melhor maneira como as empresas podem minimizar o impacto do coronavírus. O plano de ação da sua empresa deve ser revisado frequentemente e o bom senso deve prevalecer.

Preparamos um artigo com dicas completas para você administrar a sua empresa a distância, além de dicas de quais ferramentas utilizar e produtividade no trabalho remoto.

Robson Lins

Bacharel em Administração pela Universidade Federal de Campina Grande, CMO na AM3 Soluções, apaixonado por cinema, música e tecnologia.

Deixe uma Resposta