Como fazer pesquisa de mercado em 7 passos simples?

Imagine que você tenha um capital sobrando e queira abrir uma empresa, mas não sabe por onde começar. Uma pesquisa de mercado será fundamental para a concretização do seu plano.

Dê play para ouvir o texto:

Isso porque ela permite conhecer: o mercado em que se pretende atuar, o público-alvo, a concorrência e o próprio negócio, especialmente para quem já possui ou administra um.

Sem essas informações, as tomadas de decisão na sua (futura) empresa serão baseadas em achismos ou intuição, e não em dados concretos, o que pode tornar o negócio insustentável.

Saber como fazer pesquisa de mercado pode ser o pontapé inicial para o sucesso da sua empresa. Então, não perca este artigo.

Nele abordaremos:

  • O que é pesquisa de mercado;
  • Como fazer pesquisa de mercado em 7 passos;
  • 4 métodos de coleta de dados usados em pesquisas de mercado;
  • Tipos de pesquisa de mercado.

Vamos explorar cada um desses tópicos?

O que é pesquisa de mercado?

A pesquisa de mercado consiste na coleta e interpretação de informações para auxiliar no processo de tomada de decisão em uma organização.

Ao utilizar essa ferramenta, é possível enxergar oportunidades e problemas na área de atuação da empresa ou nos produtos e serviços comercializados por ela.

De acordo com o objetivo da pesquisa, pode-se realizar estudos quantitativos ou qualitativos, além de questionários simples ou projetos mais complexos, que envolvem profissionais de setores variados.

Com relação à pesquisa quantitativa, provavelmente você já participou de uma. Afinal, quem nunca ouviu ou leu frases do tipo: “em uma escala de 0 a 10, quanto você indicaria nossa marca a um(a) amigo(a)?”.

Já quanto à pesquisa qualitativa, o entrevistado é abordado de maneira mais individualizada, emitindo a opinião acerca de uma empresa ou das próprias preferências.

Antes de concluir este tópico, vale destacar que, dentre outras finalidades, a pesquisa de mercado é usada para:

  • Mensurar a satisfação dos clientes com produtos ou serviços oferecidos;
  • Identificar demandas ainda não atendidas pelo mercado;
  • Conhecer os canais de comunicação mais utilizados pelo público-alvo;
  • Saber quanto os seus clientes estão dispostos a gastar com sua marca.

A seguir, vamos mostrar como fazer pesquisa de mercado em um passo a passo super simples.

Como fazer pesquisa de mercado em 7 passos?

Dependendendo da finalidade da sua pesquisa de mercado, ela pode ser feita por meio de diferentes abordagens, como: pesquisa de satisfação do cliente, entrevistas, pesquisa para entender o comportamento do consumidor moderno etc.

Porém, de forma geral, a maioria das pesquisas de mercado pode ser feita de maneira simples. Pensando nisso, criamos o passo a passo que iremos apresentar a partir de agora.

Então, confira abaixo as respostas à pergunta-título deste tópico: como fazer pesquisa de mercado em 7 passos?

Definindo o objetivo da pesquisa

Inicialmente, é preciso se perguntar sobre os objetivos de sua pesquisa de mercado, isto é, quais razões e necessidades levaram você a realizá-la? E o que se pretende descobrir ao término da pesquisa?

Esses questionamentos devem estar muito bem definidos em sua mente, inclusive para elaborar as perguntas ou escolher os critérios que farão com que a pesquisa aconteça de fato. 

Muitos são os objetivos de uma pesquisa de mercado, porém os mais comuns são estes três:

  • Satisfazer as necessidades dos clientes com um produto ou serviço;
  • Impulsionar um negócio;
  • Mensurar o eventual sucesso ou fracasso que uma ideia relacionada à empresa pode ter.

Esses propósitos se enquadram nas demandas do seu empreendimento?

Determinando o público-alvo do estudo

Para que uma pesquisa de mercado seja satisfatória, é necessário que o público-alvo seja delimitado corretamente.

Uma pergunta que você deve se fazer neste momento é: a quem a pesquisa se destina; a consumidores, fornecedores, concorrentes etc.?

No caso de ser dedicada a consumidores, o ideal é criar uma persona, que é a representação do cliente ideal, ou seja, aquele que provavelmente irá adquirir os produtos e serviços da sua marca.

Com ela, é possível criar perguntas que certamente trarão respostas mais satisfatórias à pesquisa.

Elegendo o método a ser utilizado

Tão importante quanto definir o objetivo e o público-alvo da pesquisa é decidir qual método utilizar para coletar os dados.

Há muitas alternativas disponíveis que lhe permitem obter informações de seus (potenciais) clientes de forma simples: enquetes, entrevistas, observações etc.

É importante destacar também que, para a pesquisa de mercado ser de fato eficiente, é preciso selecionar uma amostra representativa do seu mercado.

Isso porque é praticamente impossível entrevistar todos os seus (potenciais) clientes.

Para selecionar essas pessoas, é fundamental considerar características demográficas,  psicológicas e biológicas, como: idade, gênero, preferências, renda médias, dentre outros.

Afinal, se o público principal da sua marca é a classe C, por exemplo, de que adianta coletar informações somente das camadas A e B?

Coletando dados

Depois de ter escolhido o método que você vai utilizar na sua pesquisa e o número de pessoas que irá compor a amostra, é hora de coletar os dados.

Caso você tenha optado, enquanto método de coleta de dados, por fazer uma enquete ou entrevista, será necessário elaborar um questionário.

Nele, é interessante explorar assuntos que, por vezes, os interlocutores ficariam até meio sem graça de responder, de forma que você obtenha respostas como:

  • Os produtos que vocês oferecem são um pouco caros;
  • A ideia de negócio não parece muito promissora;
  • Os serviços disponibilizados precisam passar por melhorias.

Se você ainda não tem uma audiência consolidada, recorra a pessoas próximas, como amigos e conhecidos.

Uma simples pergunta feita pelo WhatsApp pode representar o primeiro passo da pesquisa. O importante é que os envolvidos se comprometam a participar de todo o estudo e serem bem sinceros.

Observando a concorrência

Estudar os concorrentes é uma atitude essencial à pesquisa de mercado.

Afinal de contas, se eles se mantêm no mercado é porque provavelmente estão utilizando estratégias corretas. Então, descobrir quais são elas é muito importante.

Uma ferramenta que pode auxiliá-lo a cumprir essa missão é o Google Keyword Planner (planejador de palavras-chave do Google).

Com ela, basta informar a URL do concorrente, a fim de ter acesso a dados relacionados aos termos que trazem mais tráfego para ele.

Cruzando dados

Cruzar dados é uma estratégia muito boa para analisar se o seu negócio está equilibrado com o mercado.

Portanto, utilize fontes confiáveis para coletar informações que irão complementar sua pesquisa.

Nesse sentido, o portal do Sebrae é uma excelente opção, pois nele, com frequência, são divulgados conteúdos e pesquisas com dados bastante importantes sobre diferentes mercados.

Avaliando os resultados

Reunidos todos os dados para a sua pesquisa, avalie com atenção cada informação obtida.

Por mais que algum comentário ou dado estatístico possam parecer pouco importante, não o subestime, pois, com certeza, ele fará diferença no momento de elaborar as soluções para eventuais problemas da sua empresa.

Vale destacar que uma pesquisa de mercado bem-feita é fundamental para ajudar a dar um novo rumo ao seu negócio, tirar uma ideia do papel (implantando-a efetivamente em seu empreendimento) e evitar que sua empresa fracasse de maneira irreversível.

Depois desses sete passos, você certamente já tem uma boa ideia sobre como fazer pesquisa de mercado, não é mesmo?

Visando complementar esse passo a passo, no próximo tópico, iremos aprofundar os métodos de coleta de dados mais usados nas pesquisas de mercado. Continue com a gente!

4 métodos de coleta de dados usados em pesquisas de mercado

Como abordado anteriormente, há várias maneiras de coletar dados para a sua pesquisa de mercado. A seguir, vamos abordar quatro delas.

Observação

Trata-se de um método bastante tradicional, preciso e econômico de coleta de dados, que pode ser desenvolvido especialmente de duas maneiras:

  • Realizando observações diretas de processos ou ambientes físicos;
  • Utilizando uma ferramenta on-line, como um contador de visitas, por exemplo.

Ao coletar dados por meio da observação, tome cuidado para não interferir no que está sendo observado.

Sua função enquanto observador é ver atitudes e reações, ouvir comentários e analisar os fatos e fenômenos de forma isenta.

É preciso ter muita atenção também para não fazer interpretações equivocadas.

Enquete

As enquetes representam um dos métodos mais utilizados para coletar informações. Elas podem ser feitas tanto presencialmente quanto virtualmente.

Por meio delas, é possível levantar diversas informações em pouco tempo. Além disso, aplicar enquetes é um processo simples e não requer equipe especializada.

Caso seu orçamento esteja restrito, você pode realizá-la gratuitamente pelo Google Forms, por exemplo.

Algumas vantagens de aplicar enquetes pela Internet são:

  • Maior alcance;
  • Economia de dinheiro;
  • Possibilidade de ela ser acompanhada de imagens, o que tende a torná-la mais atraente;
  • Facilidade de preenchimento;
  • O anonimato de quem responde é preservado;
  • Número ilimitado de perguntas.

Com relação a este último item, é preciso elaborar questões simples, com o intuito de facilitar a compreensão de quem for responder a cada uma delas.

Entrevista

Os principais objetivos da entrevista são: apurar fatos e compreender a opinião, os sentimentos e o comportamento dos entrevistados.

Para que ela seja útil à pesquisa de mercado, é preciso que siga um planejamento de perguntas, a fim de que as informações não se percam pelo caminho nem deixem de ser colhidas.

Para isso, é interessante que essa programação seja registrada em um relatório.

Avaliação

Uma avaliação de mercado geralmente é realizada antes de um produto, um serviço ou uma ideia serem lançados.

A finalidade principal desse método é avaliar a aceitação daquilo que você comercializa (ou pretende comercializar), minimizando os riscos do investimento.

Essa técnica pode ser muito vantajosa, na medida em que permite que você descubra o que as pessoas pensam sobre os produtos da sua marca. Assim, é possível fazer melhorias neles antes de colocá-los oficialmente à venda.

Sabido o que é pesquisa de mercado, como fazê-la e conhecidos os principais métodos de coletas de dados, vamos conhecer os principais tipos dessa pesquisa?

Tipos de pesquisa de mercado

As pesquisas de mercado têm focos específicos, porém, eles podem ser complementares. Vamos conhecer as principais delas?

Pesquisa de satisfação dos clientes

O objetivo primordial deste estudo é identificar falhas nos produtos/serviços oferecidos por um estabelecimento, levando-se em conta também o atendimento prestado – desde o pedido feito pelo cliente até a entrega final.

Vale destacar que poucas pessoas entram em contato com uma empresa para lhe fazer elogios ou críticas (exceto reclamações individuais sobre algum problema na conclusão da compra, por exemplo).

Então, é importante realizar com frequência esse tipo de pesquisa, a fim de checar se os clientes estão ou não satisfeitos com a marca.

Assim, é possível agir a tempo, evitando perder público e atraindo mais consumidores para a empresa.

Pesquisa de hábitos de consumo

Esta pesquisa é usada principalmente para entender o comportamento do público de determinada marca ou ainda identificar demandas pouco exploradas no mercado.

Tendo essas informações em mãos, você pode mudar radicalmente suas estratégias de vendas e marketing e, consequentemente, aumentar a receita da empresa.

Para pôr em prática o estudo de hábitos de consumo, o que pode ser feito por e-mail ou presencialmente, por exemplo, você pode fazer as seguintes perguntas aos entrevistados:

  • Qual(is) rede(s) social(is) você usa?
  • Costuma fazer compras on-line?
  • Quais sites você mais acessa para se manter informado?
  • Com que frequência compra produto “x”?
  • Faz pesquisas sobre o produto desejado antes de comprá-lo?
  • Como prefere pagar suas compras?

Com as respostas a essas questões, você poderá ter novos insights para gerir a sua marca.

Pesquisa com colaboradores

Não adianta olhar somente para o mercado e se esquecer do ambiente interno da sua empresa, pois nele pode estar havendo problemas que afetam a produtividade dos colaboradores, por exemplo. 

É importante sempre lembrar que, sem uma equipe com boa performance, os produtos/serviços da sua marca poderiam nem existir.

Tão importante quanto oferecer bons salários a seu time é lhe proporcionar um ambiente de trabalho acolhedor e motivador.

Para isso, é preciso realizar a pesquisa com toda a equipe e abordando a satisfação com o clima organizacional, com a hierarquia etc., além de assuntos pertinentes a cada setor.

A fim de escolher a pesquisa de mercado ideal para seu negócio, observe-o atentamente até identificar as características que o singularizam e as carências que ele apresenta.

Pronto para fazer sua pesquisa de mercado e alavancar de vez a sua empresa, garantindo o futuro dela? Se sim, temos um artigo especial para você. Clique aqui para ler e aprimorar seus conhecimentos. Até a próxima!