Antivírus corporativo: porquê você deve implementar hoje mesmo

Ter um antivírus corporativo é muito importante no mercado atual. Com a ascensão da tecnologia, muitas, senão todas, ações de uma empresa se tornam digitalizadas. E, ao mesmo tempo que os processos se modernizam, as ameaças também.

Uma preocupação crescente para quem utiliza armazenamento de informações de forma online é mantê-las em segurança.

Diante disso, uma opção que tem sido cada vez mais essencial é a contratação de um antivírus corporativo.

Você sabe o que é um antivírus corporativo, qual a sua importância e suas vantagens? Leia nosso artigo e saiba mais sobre essa importante solução!

Qual o perigo das ameaças online?

Antes de explicar o que é o antivírus corporativo e quais vantagens ele pode trazer, vamos falar quais são as ameaças que sua empresa está exposta e como elas podem atrapalhar o andamento do seu negócio.

Os malwares, como são conhecidos, são programas de computador que contêm elementos maliciosos.

Podem ser de vários tipos, como os vírus, cavalos de tróia, rootkits, spywares, ransomwares, worms dentre outros. Cada um deles tem a sua característica diferente e níveis de atuação distintos.

Essas ameaças podem trazer malefícios que podem ser danosos à máquina, tornando-a mais lenta e afetando diretamente a produtividade da equipe.

Mas podem ainda ser aplicações com um objetivo bem mais perigoso: identificar e hackear informações confidenciais presentes na rede.

Outro grande problema que envolve a atuação dessas ameaças é a facilidade com a qual estes programas podem infectar seu computador.

São várias as formas de ser “contaminado”: seja através de um dispositivo USB, como pen drive, seja através de download de arquivos na internet ou até mesmo por apenas um clique em um link malicioso.

Para evitar este tipo de problema, os programas conhecidos como antivírus são populares soluções. Eles atuam impedindo a proliferação das ameaças.

Vários métodos são utilizados para isso, como:

  • Deletar arquivos que contêm características danosas à rede;
  • Proteger os dados confidenciais, detectando invasões instantaneamente;
  • Fazer uma “varredura” constante de todas as informações para garantir a segurança frequentemente.

Por que ter um antivírus corporativo e não um doméstico?

Você certamente já deve ter ouvido falar neste tipo de programa e tem um instalado no seu computador pessoal.

Mas saiba que o antivírus corporativo tem algumas funcionalidades específicas que fazem com que sejam mais adequados do que utilizar simples antivírus domésticos nos computadores da empresa.

Confira algumas dessas diferenças que fazem com que ter um serviço corporativo seja mais vantajoso.

Proteção em rede

A primeira diferença é fácil de ser detectada. Em um antivírus doméstico, só é necessária a proteção em apenas um computador.

Já no antivírus corporativo, é preciso que todos os computadores do local de trabalho estejam protegidos, afinal, basta apenas um deles ser infectado para comprometer toda uma rede.

Por isso, a instalação não é feita individualmente, e sim em rede, o que faz com que todos os parâmetros sejam aplicados de forma comum.

Dessa maneira, a proteção é centralizada pelo programa para todos os dispositivos em rede, considerando até mesmo aqueles que não fazem parte do ambiente da empresa, ou seja, os que são levados pelos próprios colaboradores.

Atuação em segundo plano

Uma das principais preocupações de um antivírus corporativo é justamente auxiliar na maior produtividade.

Isso significa também atuação em segundo plano, ou seja, nenhuma atividade que está sendo realizada pelo programa fica aparente e, assim o usuário não é interrompido em nenhum momento.

Em processos de atualização por exemplo, é comum antivírus domésticos solicitarem que a mesma seja feita pelo próprio usuário, através de downloads da web.

Isso pode causar lentidão na rede, além de atrapalhar as atividades realizadas naquele momento.

Já com o antivírus corporativo, as atualizações são feitas de forma automática, sem interferir nas tarefas cotidianas.

Isso é possível através da criação de pastas centralizadoras na rede pelo administrador, que permitem que o programa vasculhe por estas atualizações.

Personalização

Cada empresa tem seu tamanho e, naturalmente, sua demanda. Por isso, é possível escolher qual a dimensão da proteção que você quer contratar, baseado no tamanho de informações que armazena, ou na quantidade de computadores presentes no ambiente de trabalho.

A personalização neste caso é mais ampla. Permite, até mesmo, a criação de controle diferenciado para vários aspectos da rede de computadores.

Por exemplo, pode-se criar perfis diferentes de proteção para desktops, notebooks ou servidores.

Desta forma, as varreduras e ações de detecção vão variar para cada caso a partir da demanda necessária, melhorando assim sua performance.

É possível, ainda, bloquear sites e softwares tidos como indesejáveis no ambiente de trabalho, o que também diminui a chance de invasão por programas maliciosos.

Gerenciamento centralizado

Com todas as características citadas anteriormente, pode-se até imaginar que seja extremamente complexo operar um sistema desses. Mas o antivírus corporativo busca justamente o oposto.

A partir de apenas uma tela você consegue operar todas as funcionalidades oferecidas, além de obter informações sobre o andamento da proteção (quantos computadores foram atacados, quais foram mais infectados, quais os tipos mais comuns de malware etc).

Dessa forma, é possível ter mais controle quanto à atuação do programa.

Serviço de suporte

Outra parte importante que torna a utilização de um antivírus corporativo essencial é o suporte diferenciado que muitas companhias fornecedoras deste serviço oferecem.

Aliás, esta deve ser uma das características em que você deve estar mais atento na hora de contratar este serviço. Por se tratar de um sistema mais complexo do que os de proteção convencionais, um cuidado maior deve ser tomado se alguma falha for observada no próprio software.

As revendedoras geralmente têm equipes bem treinadas e preparadas para atender até os casos mais complicados.

Tal manutenção pode ser feita remotamente, ou por meio de visitas à empresa, dependendo do grau de complexidade do problema.

Preço

Se você pensa que está economizando ao contratar softwares menos robustos, ou até mesmo piratas, saiba que sua rede segue correndo sérios riscos.

Este tipo de aplicação não tem a mesma privacidade para atuar, pode apresentar mais erros (os famosos bugs) e pode atrapalhar no desempenho da rede.

Serviços que revendem antivírus corporativo normalmente oferecem descontos que vão depender do tamanho da sua empresa, o que significa uma economia bem maior do que a instalação individual de antivírus domésticos em cada computador do ambiente de trabalho.

Ter um antivírus corporativo é uma solução importante, que é de extrema necessidade para as empresas.

É importante ressaltar que investir em um antivírus não apenas garante a proteção dos seus dados, ele também vai fazer com que sua performance melhore e a produtividade de toda sua equipe aumente.

Agora que você sabe mais sobre as vantagens de um antivírus corporativo, já está pensando em adotar essa tecnologia? Aproveite e conheça mais de nossas soluções!